de olho no Alecrim

O Facebook e o Marketing

O Facebook e o Marketing
Quando a economia passa por uma grande crise, como a atual, a primeira verba a ser cortada nas empresas é a do marketing. Ledo engano, já que nesses momentos em que o mercado se retrai, o principal diferencial das empresas é aquela que se mostra aos clientes. Então surge o grande desafio do profissional da área: fazer uma campanha com um grande retorno sobre um baixo investimento, ou seja, a mágica que as mídias de baixo custo realizam.

Uma mídia de baixo custo não quer dizer que o investimento vai ser baixo, mas sim que o investimento perante o retorno terá um bom custo benefício. Na vanguarda desse tipo de publicidade, estão às mídias alternativas (mídias novas, que surpreendam o cliente) dentre elas, as mídias sociais.

A popularização dos smartphones e a difusão das mídias sociais alteraram a forma como a sociedade interage, e junto a isso, como a sociedade consome. Atualmente, toda empresa está nas redes sociais. Ela possuindo profile ou não, as críticas e a forma de interação empresa-cliente evoluiu de uma maneira que é mais rápido o atendimento via Twitter que a maneira tradicional via SAC ou e-mail.

O recurso mais valioso para um profissional de marketing é a informação. Não existe um planejamento de marketing ou qualquer ação robusta sem um estudo por trás, deve-se conhecer principalmente o que o seu cliente quer, já que não adianta ofertar o melhor produto do mundo sem o interesse de ninguém em compra-lo.

Empresas investem grande parte do seu faturamento em diversas pesquisas e meios de coleta de dados, para sempre alinhar estrategicamente os esforços das suas organizações para o interesse do seu público alvo. Mas uma empresa conseguiu praticamente gratuita reunir um banco de dados de interesses e meio de contato totalmente diferenciado até o momento: o Facebook.

A rede social que surgiu na Universidade de Harvard conseguiu nesses últimos anos tornar-se a maior rede social do mundo. Mas como uma rede social teve o seu capital aberto recentemente com o valor de suas ações orçadas em 100 bilhões de dólares? Simples, o Facebook consegue os mais diversos tipos de dados relativos a todos os seus usuários. Quando se clica no “curtir”, fica registrado no banco pessoal de cada participante da rede, os seus gostos e o seu perfil completo, isso em tempo real e com uma interatividade jamais vista antes.

Com todas essas informações, o Facebook tornou-se a menina dos olhos de ouro das empresas de marketing, e com isso foi lançado “anúncios do Facebook”, ou seja, uma ferramenta para anúncios internos a rede social e diferente de outras mídias, pode-se filtrar de maneira muito específica o público que a empresa deseja atingir. Funciona da seguinte maneira: junto a Fan Page da empresa existem indicadores de qual o público que a sua marca está atingindo dentro do Facebook, e o próprio site dá maneiras de como aumentar essa visibilidade, e uma delas é o anúncio.

O custo para essa publicidade é de R$0,25 por clique no seu anúncio (ou seja, R$0,25 por pessoa atingida) que pensando em mídias tradicionais é um valor muito elevado, mas pensando por outro lado, é um ótimo custo/beneficio, tendo em vista o retorno previsto da sua publicidade. Após os filtros realizados pelo Facebook, delimita-se o seu público alvo, e assim, sua mídia só será exibida para aqueles possíveis clientes, chegando ao ideal do marketing: utilizar os recursos de maneira mais eficiente possível.

Outra ferramenta interessante é o controle de gastos mensais com a campanha, no caso, a empresa só gasta o que foi orçado, sempre delimitando a quantidade destinada para cada dia e por quanto tempo o anúncio será veiculado.

As mídias sociais são o único meio de comunicação que os empresários das MPE’s podem competir de forma acirrada com as grandes empresas. É uma oportunidade de construir uma rede de clientes que hoje é exclusiva dos conglomerados econômicos.

Autor: Rodolfo Dantas
Atividade: Agente Local de Inovação (SEBRAE)
Formação: Gastrônomo, Graduando em Administração e Diretor de Marketing da ADM Consult

 

Co2 Comunicação